COMENTÁRIOS DE ALAN WATT

(Um exemplo de Conversa Educacional):

"O PODER DA PEQUENA PROPAGANDA”

(EXTRAÍDO DA NASA)

"BOMBARDEAR O TEU CÉREBRO É SEGURO PARA VOCÊ" (EXTRAÍDO DE CIENTISTAS BRITÂNICOS)

"LAPTOPS, GÔNADAS (VOU, VOU, FUI!)”

25 de maio de 2007

 

Direitos de Diálogo de Alan Watt – 25 de maio de 2007

(Exceto Música e Cotação Literária)

 

WWW.CUTTINGTHROUGHTHEMATRIX.COM

 

www.alanwattsentientsentinel.eu

 

 

Olá pessoal! Sou Alan Watt e estes são cuttingthroughthematrix.com e alanwattsentientsentinel.eu. Hoje é 25 de maio de 2007.

 

Vou começar com um pequeno artigo, recém editado (um daqueles bem típicos que vemos muito frequentemente, e que empregam uma linguagem quase de jardim de infância para o público geral). Este artigo foi extraído de um dos muitos jornais e revistas que estão por aí, e que nos trazem pequenos resumos das informações concedidas pelas empresas de relações públicas, que estão muito acima daqueles.  Não há qualquer questionamento no texto. Ele está feito pelos que estão acima de nós, os que estamos aqui embaixo, como se fosse Deus falando e nós todos fôssemos estúpidos idiotas escutando aqui na nossa inferioridade.

 

O texto em questão foi extraído do site "LiveScience.com", cujo conteúdo, insisto em acentuar, é para consumo público, e escrito por Andrea Thompson em 4 de maio de 2007.  Confesso que acho engraçado a maneira como divulgam essas coisas nos seus sites. É a típica revista que você compraria num caixa de supermercado ou numa mercearia.

 

Começa:

"Incluir em del.icio.us; Digg; Seed Newsvine; em reddit" (blá, blá, blá)

 

Primeiro nos apresentam todas essas tolices para aumentar o tráfico de blogs de modo que nos vamos acostumando a elas para, em seguida, as envolver em todo tipo coisas nas quais também querem que acreditemos.

 

 

Isto é o que se diz aqui:

 

            "Uma ampla e anteriormente desconhecida “zona crepuscular…"

 

Alan:  Uma zona crepuscular?

 

            "…de partículas na atmosfera poderia dificultar os esforços dos cientistas em determinar o quanto a terra irá se aquecer no futuro, diz um estudo."

 

Alan: Este é o padrão que utilizam para persuadir as “massas das classes” inferiores.

 

            "… uma anteriormente desconhecida ‘zona crepuscular’ de partículas."

 

Alan: "Anteriormente desconhecida". Isto é curioso, quando lembramos que eles têm aplicado milhões de dólares na atmosfera em foguetes e projetos piloto da NASA com o propósito de estudar isto...  Eles foram os primeiros que nos falaram a respeito da camada de ozônio, e são os únicos que podem detectar esse tipo de fenômeno por que estão equipados para tal. A verdade é que ninguém mais, além deles, pode provar o que dizem e nós, simplesmente, repetimos: “buracos na camada de ozônio,” e etc., assim como repetimos tudo o mais que os cientistas, “os deuses”, dizem. E dessa maneira somos facilmente manipulados.

 

            "…anteriormente desconhecida ‘zona crepuscular’ de partículas na atmosfera..."

Alan: Assim, simplesmente apareceu. Este é um novo normal...

 

            "poderia dificultar os esforços dos cientistas em determinar o quanto a terra irá se aquecer no futuro, diz um estudo." 

 

Alan: Eles já não sabiam disso antes? Toda essa propaganda ruidosa sobre como a terra vai se aquecer, o que vai acontecer daqui em diante, e tudo o que poderia ser e que deveria ser, e etc.?  Isto se tornou um grande negócio!

 

            "Em acréscimo aos gases de efeito estufa,…”.

 

Alan: Eles criam essas frases de efeito e passamos a repeti-las como papagaios...

 

            "…que absorvem a radiação dos raios infravermelhos e aquecimento emitidos pela superfície terrestre enviando-os de volta à terra, há também formação de nuvens, que formam gotículas, e aerossóis, como poeira e poluentes do ar na atmosfera, que também afetam a temperatura do planeta."

 

Alan: Nossa, incrível como isto é novo! Que novidade saber que poeira e poluentes atmosféricos afetam a temperatura do planeta, além de te dar um belíssimo pôr-do-sol, dependendo da sua intensidade. De fato, quando os vulcões se ativam, vemos pôr-de-sóis incríveis; também me ensinaram isso no jardim de infância.

 

            "A determinação exata do efeito global desses dois tipos de partículas é ainda incerto: enquanto as nuvens bloqueiam a entrada de radiação solar, o vapor de água também atua como um gás de efeito estufa…"

 

Alan: Aí vem outra vez, em destaque:

 

            "…retendo o calor como se fosse uma vela de barco. Em recentes observações por satélite, foi encontrada uma zona situada “em meio a partículas” no ar ao redor das nuvens que antes eram consideradas limpas."

 

Alan:  Percebeu? Um “novo normal”. Isto de repente apareceu, e dentro de um ano será como se sempre tivesse sido “normal”, já que eles tratam de apagar as informações contidas nos antigos livros.  Afinal, de onde vieram essas partículas? Poderia ser essa coisa metálica que eles estão pulverizando em todo o planeta nos últimos anos?  Obviamente, eles não mencionam essa parte, pois lembre-se que estamos no jardim de infância...

 

            "A área ao redor dessas nuvens está prejudicando nosso trabalho, afirma Lorraine Remer, um membro da equipe de estudos do Centro de Vôo Espacial Goddard da NASA, situado em Greenbelt, Md."

 

Alan: Centro Espacial Goddard. Se Deus diz isso, é porque deve ser verdade! 

 

            "Os instrumentos detectaram alguma coisa ali, mas não sabemos dizer se se parecia a um tipo de aerossol ou nuvem."

 

Alan: Eles não entendem o que é aquilo. É como algo novinho em folha, um novo fenômeno normal...

 

            "Pensamos o que vemos é uma zona transitória onde nuvens estão começando a se formar ou extinguir e onde a umidade produz partículas secas que, ao absorver água, aumentam seu tamanho."

 

Alan: Podemos dizer que esta não foi a melhor porta-voz de relações públicas que tentou nos persuadir, dirigindo-se à classe baixa para que nós, a massa de ralés, pudéssemos nos elevar.

 

            "Cientistas encontraram uma espécie de ‘halo’ circundando nuvens isoladas, ainda que na nova zona detectada isto seja muito mais extenso, chegando a atingir até 60 por cento da atmosfera previamente descrita como zona livre de nuvens."

 

Alan: “60 por cento de tudo aquilo”, que simplesmente apareceu não se sabe de onde...   Fico imaginando se os computadores deles, em algum momento, lhes mostrarão que há aviões pulverizando no ar certos produtos, ou se isto não está incluído no programa e talvez vão ficar girando ao redor, nos enrolando, até que consigam muitos outros bilhões de dólares, a cada ano, enquanto tentam investigar essa “descoberta”.

 

            "’O ingrediente, anteriormente desconhecido na atmosfera, é uma mistura de partículas que deverá ser decomposta em exemplares que tentarão predizer como a atmosfera influencia na mudança climática da temperatura global. Os efeitos dessa zona não estão incluídos na maioria dos exemplares inseridos no computador, os quais avaliam o impacto dos aerossóis no clima’, relata Ilan Koren, pesquisador responsável do Instituto de Ciências Weizmann, de Israel. ‘Esta poderia ser uma das razões pelas quais as medições atuais desse efeito não coincidem com os modelos de estimativas que possuímos."

 

Alan: Acho que a nuvens terão que se auto-organizar para poder se encaixar nas estimativas dos computadores e fazer com que esses esquisitos compreendam o que eles, na verdade, estão vendo.

 

            "O estudo foi divulgado na edição de 18 de abril da Geophysical Research Letters."

 

Alan: E isso não é tudo. Você pode dar uma olhada em todas as outras coisas que te deixarão apavorado, tal como, "Cronograma: O Alarmante Futuro da Terra,” “A Definição de Nuvem se Torna Nebulosa,” e “Tudo Sobre o Aquecimento Global,” enquanto eles repetem o que os outros dizem, nós supostamente pensamos: “Meu Deus, vamos desistir de tudo por que isso é simplesmente horrível! Estamos aterrorizados...”, tal qual num desses filmes de catástrofes - e assim acabam com todos os seus direitos por que, além de tudo, somos nós quem, aparentemente, estamos causando todos os problemas. Somos os responsáveis por tudo isso, só pelo fato de respirar e viver. 

 

É dessa maneira que o padrão de bobagens é alimentado pelas massas, pois temos sido treinados para isso, exatamente como o clero de tempos passados (só que, dessa vez, o “clero” veste capas brancas) quando falavam em nome de Deus, ou talvez seja o próprio Deus falando...  A única diferença é que eles continuam mudando as suas mentes. Então, acho que Deus está sempre mudando de idéia, de acordo com o novo programa que esteja instalado em seu computador, já que ele encontra coisas que nunca foram vistas antes. É um Deus “cego” que não consegue ver o que estão pulverizando na atmosfera, para se dar conta de que 60 por cento do espaço de todo o mundo, de repente, tem essas partículas, as quais não eram conhecidas antes. Talvez seja por isso que elas não eram conhecidas antes? Talvez devessem fazer essa pergunta a seus computadores…

 

Um dos últimos livros que Carl Jung escreveu tratava das mudanças que ele via acontecer no futuro.  Na sua época, claro, havia uma grande cortina de ferro. Podemos encontrar isso na história do antigo sistema que veio diretamente para o presente.  É o mesmo sistema de construtores, grandes construtores, que invadiram os países com seu sistema baseado no dinheiro, poder, burocracia, taxação, forçando todos os países em que estivessem a construir coisas: cidades capitais, monumentos e muros, verdadeiras muralhas. Eles constroem muros em todos os lugares, mesmo no Reino Unido, quando os romanos estiveram lá, ou China, com a Grande Muralha da China, ou Wall Street, para as pessoas que têm dinheiro.  Esses são os grandes construtores da alta, alta e real maçonaria, não os pequenos que estão aqui embaixo.

 

Carl Jung comparava a cortina de ferro do sistema comunista com o que estava acontecendo com o resto do mundo, que é como ele via no futuro, um futuro próximo, ao dizer: “o poder dentro de qualquer organização, mesmo sendo esta uma burocracia que começou ou se originou com um propósito legítimo, ou que pelo menos parece ser legítimo, pode não ser eficaz, mas, ainda assim, cresce como um câncer, simplesmente se expande”. Tanto é assim que, um sistema burocrático, com um departamento de polícia especial, ou qualquer outro órgão que tenha a função de investigar ou averiguar informação com cientistas trabalhando no mesmo objetivo, sobre o aquecimento global, por exemplo, não pode fazer nada a respeito. Uma vez que eles têm suas subvenções, devem tentar justificá-las dando razão para sua existência, por que todos querem um salário permanente, o maior e melhor deste sistema.

 

Portanto, vemos que as burocracias de todos os tipos, mesmo as de organizações não governamentais que começam a receber subvenções governamentais são, realmente, mantidas pelos governos e pelas grandes fundações que trabalham com esses governos. Na verdade, é tudo a mesma coisa, uma grande e multifacetada corporação mundial com todos esses departamentos. Cada um deles deve justificar constantemente sua necessidade de existir, um e outro ano, e outro ano, e outro ano, ad infinitum.  É assim que o mecanismo funciona.  Em cada departamento, e em todas as organizações, é a mesma coisa.

 

Carl Jung viu as pessoas - o indíviduo - serem reprimidas e totalmente sufocadas por regras e regulamentos, enquanto eles se sobrepunham um ao outro por poder. Lênin viu o mesmo (mas ele estava no grande plano) e também escreveu sobre isso.  Vemos todo mundo ganhando com o aquecimento global, que eles dizem, e seguem dizendo, e vão continuar dizendo e mentindo, até que nós comecemos a repetir o mesmo. É dessa maneira que se introduzem mudanças no sistema. De tanto repetir, acaba sendo e, portanto, já é uma “verdade”.

 

Este artigo é do The Vancouver Sun”, publicado em 24 de maio de 2007. Era uma quinta-feira; não sei por que datam como segunda-feira, 21 de maio de 2007.

 

             "Futura inundação de ‘refugiados climáticos’ daqui em diante?

            RCMP (polícia montada canadense): Um relatório policial alerta para uma potencial e esmagadora afluência de pessoas se o aquecimento global forçar milhões a fugir de Bangladesh…"

 

Alan: Agora escolheram a Bangladesh...

 

            "…e outros países."

 

Alan: Este é de Chad Skelton do "The Vancouver Sun". Aqui diz que foi publicado terça-feira, 30 de janeiro de 2007. Eu não entendo por que colocam tantas datas aqui.

 

            "A mudança do clima global apresenta sérios desafios de desordem pública para a polícia e B.C. (British Columbia)…"

 

Alan:  Aqui vão eles:

 

            "…durante os desastres naturais, refugiados climáticos escapam de países inundados de acordo com o relatório interno da RCMP obtido pelo The Vancouver Sun."

 

Alan: Porquê a polícia tem todos esses relatórios secretos e você tem que batalhar para consegui-los, se eles estão a serviço do público? – Se eles estão servindo o público! 

 

            "O relatório de Policiamento de Influências de Tendências Externas da British Columbia foi elaborado em setembro de 2005 pelo superior encarregado da assembléia para o planejamento anual da polícia Montada de British Columbia, e aborda diversos tópicos. Foi adquirido pelo The Sun através do Ato de Acesso à Informação, a seção de relatórios sobre mudança climática …"

 

Alan: Esta é a polícia entrando no assunto:

 

            "…determina que ‘os efeitos dos padrões climáticos apontados pela British Columbia já estão ocorrendo. Invernos mais úmidos e verões mais secos em B.C. tem aumentado o risco de inundações e incêndios florestais."

 

Alan: É verdade que eles tiveram incêndios florestais dois ou três anos atrás. Um deles foi terrível.  Ocorreu devido a um trabalho mal feito e acusações mutuas, que fizeram os departamentos florestais pararem com a extinção dos incêndios, a qual somente agora estão reiniciando por que, aparentemente, para a ‘nova política’ e o ‘novo normal’, os incêndios florestais ocasionais são positivos para a terra e madeira destinada à construção, pois ajudam a eliminar toda a vegetação rasteira. Assim, reiniciaram os trabalhos. Eles jogam essa resina incandescente dos helicópteros, tal qual vemos pela televisão, o que não deixa de ser estranho pela poluição que isso causa. É impressionante! Quando há centenas de acres em chamas, vemos uma massiva camada de fumaça negra; mas se é o governo quem faz isso, é porque se trata de uma boa poluição... Quando você queima sua pequena porção de madeira na fornalha, então, é má poluição. Esta é a insanidade que esperam que aceitemos e, infelizmente, muita gente aceita esse absurdo.  É essa a verdade. Eles têm provocado os incêndios e, desde então, temos muitos mais incêndios florestais. 

 

Também há o projeto da força aérea norte americana, o HAARP (Programa de Investigação de Auroras de Alta Freqüência Avançada) trabalhando sem descanso. Esse projeto é assombroso, por que eles podem superaquecer a atmosfera; e é o que fazem, causando explosões massivas no planeta. Isso aconteceu uns dois ou três anos atrás, que foi quando escutamos os estrondos que ocorreram sobre British Columbia até o estado de Washington, acendendo alarmes de incêndio e carros, milhões deles, por todos os lugares. No dia seguinte em todas as TVs se viam especialistas dando suas opiniões.  "Deve ter sido um meteorito; não o vi, mas deve ter sido isso..." Então, uma semana mais tarde, vimos a mesma coisa ocorrendo na Austrália – gigantescas explosões no céu; dias limpos, mas nada foi visto. Esta é a tecnologia HAARP superaquecendo a atmosfera e causando explosões, que também podem causar relâmpagos. O Mágico de Oz tem todos os truques em suas mangas.

 

            "’Este relatório vem afirmar que o aquecimento global é ‘propenso a desencadear maiores desastres naturais [e] climas mais severos, como um aumento na propagação de doenças e patologias transmitidas pela água, por exemplo. A RCMP deve estar preparada para tais desastres naturais, pontua o relatório. Um crescente aumento no número de desastres naturais e temperaturas extremas, ambos de alcance global, tem enfatizado o foco de atenção de B.C. na necessidade de uma extensiva preparação para atenuar seus efeitos e problemas de desordem pública relacionadas a esses desastres, determina. Olhando para o futuro, o relatório estabelece que ‘ o norte do Canadá poderia tornar-se mais quente e mais favorável para o tráfico marinho, apresentando novos desafios para a segurança e que os refugiados climáticos [são] um problema potencial".

 

Alan: “Refugiados climáticos”— Estou curioso por saber se eles vão receber financiamento por isso...

 

            "O Sargento John Ward, porta-voz da equipe da RCMP, disse numa entrevista concedida segunda-feira que a mudança climática é um dos muitos problemas que as forças armadas estão monitorando."

 

Alan: Acho que receberam outra subvenção por isso.

 

            "’Pensamos que haverá um impacto [sobre a polícia]. Que isso poderá ser um problema,’ afirma, ‘já está em nosso radar. No entanto, acrescenta, diferente das drogas, contrabando ou crime organizado, a polícia montada canadense não acredita que o aquecimento global necessite uma resposta imediata da polícia."

 

Alan:  Hum.

 

            "William Rees, um ecologista da Universidade de British Columbia, disse que enquanto seja impossível fazer previsões exatas sobre a mudança climática …"

 

Alan: Se é impossível prever ou fazer predições exatas sobre a mudança climática, porque todo o mundo tem assinado todos esses diferentes tratados para mudar isso?

 

A continuação:

 

            "…o temor cresce no relatório da RCMP como um ‘cenário verossímil’”. 

 

Alan: Agora qualquer coisa é verossímil, quero dizer, qualquer coisa poderia ser feita possível, qualquer coisa poderia ser possível.

 

            "Por exemplo, comenta Rees, muitos climatologistas predizem que os níveis globais do mar subirão aproximadamente um metro até o final do século."

 

Alan: Quantos predizem isso? E estão todos trabalhando para a UN, porque esses cientistas vivem de subvenções. Portanto, se “muitos climatologistas” predizem isso, também significa que outros muitos não.

 

            "Considerando tal argumento, estamos falando de um aumento no nível do mar de cerca de um metro."

 

Alan: Dessa forma, em outras palavras, vamos considerar a hipotesis de que isso não pode ser previsto, por que o tipo que falou antes disse que isso não se pode prever; então, aqui vão eles outra vez predizer de qualquer modo, pegando os números do ar. Dizem: “aumento no nível do mar de cerca de um metro” até o final do século. Realmente, isso tudo se trata de coisa passada, que estão apenas tentando requentar.

 

"Considerando tal argumento, estamos falando de um aumento no nível do mar de cerca de um metro. Assim que, certamente, estamos falando sobre dezenas, possivelmente centenas, de milhões …"

 

Alan: Ah, então começa com dezenas, que possivelmente passarão a centenas ou:

 

            "…milhões de refugiados climáticos em nível global," afirma. "Grande parte dos maiores portos do mundo poderiam estar em perigo. Muitos de Bangladesh poderiam ser inundados."

 

Alan: Voltamos a Bangladesh.

 

            "Rees assegura que o fluxo de migração ilegal proveniente da fronteira entre Estados Unidos e México será pouca coisa se comparada com o que está por vir."

 

Alan: Incrível, como eles estão sempre prevendo...  Estamos assistindo a uma modalidade de desastre onde tudo pode ser um desastre potencial, e a solução será encontrada com milhões e milhões em taxas pagas pelos contribuintes.

 

            "E os países ocidentais, como maiores produtores de gases de efeito estufa …"

 

Alan: Oh não! e aqui vamos outra vez - "gases de efeito estufa" – com esses jargões que simplesmente invadem o nosso vocabulário.

 

            "…teria uma ‘seria obrigação moral’ a ajuda a esses refugiados, acrescenta. Tal êxodo global requer uma resposta de órgãos como a RCMP, assegura Rees."

 

Alan: O que aconteceria se Canadá fosse liquidada e todos tivéssemos que fugir para Bangladesh? Hein? Quem iria pagar a RCMP neste caso?  Pense sobre isso e escreva isso aí no teu relatório. Você pode abrir um debate com isso...

 

            "Não é difícil pensar no aumento de forças militares e policiamento que serão necessários para o acompanhamento de movimentos de massa dessa magnitude," informa Morag Carter, diretor do programa de mudança climática da Fundação David Suzuki …"

 

Alan: Ah! — a WWF (World Wildlife Fund).

 

            "…afirma que, do mesmo modo que é importante que órgãos como a RCMP atue com relação ao aquecimento global, os governos e indivíduos também deveriam tomar suas medidas para reduzir a emissão de gases de efeito estufa. ‘É muito importante planejar para as grandes catástrofes futuras,’ analisa”.

 

Alan: Você já conhece todas essas películas de catástrofes, tal como “A Bolha Assassina”.  Daí, partiram para filmes de terremotos e infernos flamejantes, com torres caindo, e etc. E aqui vamos, uma vez mais, com essa gente utilizando as mesmas técnicas (provavelmente os mesmos roteiristas) para trazer toda essa bobagem para nossa vida, direto do topo. Na verdade, são sempre as mesmas técnicas.

 

            É muito importante planejar para as grandes catástrofes futuras, analisa, mas é o tipo de coisa que se faz quando [também] se está fazendo o máximo para prevenir desastres que estão acontecendo neste momento."

 

Alan: E mais uma vez... toda essa tolice que não se pode prever, de acordo com a opinião de outros expertos contida no mesmo texto, e o resto que insiste em predizer isso. E nós ficamos no limbo de toda essa dialética girando nas nossas cabeças. No entanto, o lado bom de tudo isso é que, acima do relatório você encontra: “consulte o teu horóscopo e astrologia”, o que dá muita credibilidade ao relatório, já que está no The Vancouver Sun.  Talvez a resposta esteja nas estrelas... não é?

 

O próximo artigo foi extraído do site Parallel Normal, o qual já comentei em outro momento. É de terça-feira, 22 de maio de 2007, e fala sobre microchips.

 

Diz aqui:

 

            "Enfermidades e Velhice: Primeiros Alvos para o Uso de Microchips."

 

Alan: No site mostram uma foto de um microchip da empresa VeriChip. Na verdade, essa companhia já produz uns com tamanhos muito mais reduzidos e que podem ser injetados com uma agulha, cujo tamanho é uma fração daquele que aparece na foto. Você poderá vê-lo no site da Parallel Normal.

 

Comenta:

 

            'Não vai doer nada; ou pelo menos, você não se lembrará. Uma unidade de cuidados a enfermos de Alzheimer em Florida implantará etiquetas de identificação RFID em seus pacientes, de modo a identificá-los no caso de que eles se desviem de seu “campo de ação.” Claro, é bem improvável que qualquer um que encontre esses objetos de teste vagando pelas ruas pense em escaneá-los. Não obstante, a ABC News recebe essa notícia com entusiasmo.

 

Alan: E abracadabra!

 

            "Dezenas de diabéticos em Boston e Georgia também receberam implantes subcutâneos de chips RFID fabricados pela VeriChip. Um artigo da ABC News pontua: Katherine Albrecht se opõe ao controle dos RFID"

 

Alan: Creio que Mark já escreveu sobre isso; ele diz que escreveu sobre Albrecht para a Wired News e o Boston Globe.

 

            "Albrecht é uma reconhecida cristã que acredita que as etiquetas RFID poderão ser precursoras da Marca da Besta descrita no Livro da Revelação. Esta é uma postura inconveniente para repórteres que estão em voga, os quais, quando a mencionam, invariavelmente omitem essa história."

 

Alan: É que eles não podem!  Não podem conectar as duas coisas, por que se o fazem, você terá que começar a pensar em diferentes direções. Tanto as Revelações são verdadeiras, já que as predições poderiam ser verdadeiras, o que significa que existe um Deus e: “oh, meu Deus, você pode alcançá-lo!”, ou, então, a outra parte disso, é que aquele que controla o mundo através de seu poderoso clique está seguindo as Revelações ao pé da letra;, o que não deixa de ser uma boa manobra por que quando você tem milhões de pessoas convencidas de que este é o desejo de Deus, então, não se pode fazer nada mais a respeito.  Assim, quanto mais você propaga essa mentira, mais fácil será fazer com que as pessoas simplesmente se sentem e não façam nada, e digam, "não há nada que se possa fazer..." É uma boa técnica psicológica de guerra.  Você deve escolher um ou outro, escolha o seu!

 

Assim, Mark segue falando a respeito:

 

            "Seu relacionamento com Albrecht se tornou hostil depois que um editor da Wired News reproduziu, com outras palavras, certas passagens da minha reportagem sobre o Spychips, um livro de co-autoria de Albrecht que inclui citações minhas. O editor da Wired News fez com que tal fragmento parecesse mais cético com relação ao livro de Albrecht. Além disso, ele também rotulou o texto como uma resenha crítica (com assinatura de Mark), sendo que a intenção nunca foi essa."

 

Alan: Em outras palavras, ele está dizendo que, sim, eles irão retorcer e alterar a informação, de modo a que não se encaixe ao que eles querem que o público saiba, ou, vão misturar tudo para que você tenha uma impressão diferente ou percepção duradoura de algo. Tem a ver com isso. Além do mais, eles sempre se preocupam com as crianças, em primeiro lugar, depois, com os enfermos e, às vezes, com os idosos. Os idosos, aqueles que têm menos poder, são os que eles vão sempre “ajudar” em primeiro lugar.

 

Os que estão no meio estão muito ocupados correndo atrás de dinheiro, divertimento, sexo e, ás vezes, drogas, ou no que quer que estejam metidos. Eles têm um montão de afazeres, muitas pequenas coisas com as quais passar o tempo, como esportes e etc. Eles não se importam com os mais jovens ou idosos. Esta é a triste verdade sobre a sociedade. É por isso que este tipo de coisas podem ser feitas, geração após geração, até que chega a tua vez de juntar-se à esquecida categoria dos idosos e, então, eles vêm e te golpeiam, e ninguém estará ali para te defender. Nesse momento, você começa a se questionar onde estarão todos os grupos de proteção, para então descobrir que, na verdade, eles não existem, e que existe somente uma autoridade acima de você e, bingo! Por misericórdia deles, te metem um chip para que você esteja onde eles querem que você esteja, bem controlado. E esta é a dura realidade, você estará à mercê deles.

 

Estou surpreso de que a polícia montada canadense (a propósito do que eu comentei sobre eles no ultimo artigo citado), não se adiantaram para pedir uma subvenção para conseguir cães de caça e uma equipe especial para rastrear esses “andarilhos” que, supostamente, nem sabem sua própria identidade. Uma equipe de rastreamento, que iria montado a cavalo para atirar sobre eles seus laços e atá-los a seus cavalos. Se você presta suficiente atenção, verá que há subvenções para tudo.

  

O próximo artigo foi extraído do site da BBC News Technology. BBC.co.uk/navigation e tem como título: BBC News 24, de 21 de maio de 2007.  Suponho que se trata de um novo termo usado para designar o sistema infravermelho para executar a internet sem fio. Isto vem sendo instalado pelas cidades há algum tempo, transformando as grandes cidades e áreas metropolitanas em áreas sem fio, as quais estarão cada vez mais dependentes do futuro cartão de identificação com chip, de forma que você será rastreado aonde quer que vá; então, o próximo passo, será implantar o chip diretamente em você. É por isso que a grande jogada é fazer com que tudo use tecnologia sem fio. Você será constantemente rastreado, aonde quer que vá. O propósito disso tudo é evidente, e está na nossa cara.  Está sendo chamado tecnologia "wi-fi", e está na última moda: “wi-fi”. Eles adoram esses nomes de moda, “fashion”. Acho que é de “fidelidade sem fio”, ou algo do gênero. De qualquer forma, é tecnologia infravermelha proveniente de sistemas de rádio freqüência.

  

            “São 'improváveis' danos à saúde causados pelo sistema wi-fi – Cientistas…"

 

Alan: Aqui vem o grande conglomerado outra vez, "cientistas afirmam".  Já conhecemos esses tipos “sem face”, é Deus falando...

 

"Cientistas afirmam que não há evidência que sugira uma conexão entre o uso de tecnologia wi-fi com danos causados à saúde."

 

Alan: uma declaração vinda direto do topo, que será guardada na tua memória, o que vem depois de você ler essa informação, já não importa. Somente a primeira parte será retida no teu cérebro, e é por isso que está no topo, escrito em destaque.

 

            "O programa Panorama da BBC…"

 

Alan: Esta é sua equipe de investigação da BBC. O fato é que os que estão no topo sempre trabalham para o MI5, o serviço secreto Britânico.

 

            "…constatou que os níveis de radiação do sistema wi-fi captados em determinada escola atingia até três vezes o nível da radiação de uma torre de telefonia celular."

 

Alan: Em outro artigo eles dizem outra coisa; afirmam que era o “feixe principal de irradiação” de uma torre de telefonia celular.  A percepção da informação é alterada pela omissão do “feixe principal de radiação".

 

            "O captação dos dados demonstrou um nível até 600 vezes abaixo dos limites de segurança permitidos pelo governo…"

 

Alan: Que raios significa limite de radiação de segurança, hein?

 

            "…no entanto, há um continuo debate sobre o uso de wi-fi. Sir William…"

 

Alan:  Sir William Stewart.

 

            "…Sir William Stewart, presidente da Agencia de Proteção da Saúde, disse que é necessário que se faça uma reavaliação do sistema wi-fi. Ele declarou a Panorama que há evidências de que um nível baixo de radiação de equipamentos como telefones celulares e tecnologia wi-fi…"

 

Alan: Oh, Deus, “wi-fi”, frases de efeito criadas, jargões de moda repetidos.

 

            "…de fato tem causado efeitos adversos à saúde. Porém, alguns expertos …"

 

Alan: E vamos mais uma vez com os "sem face".  

 

            "…alguns especialistas da comunidade científica discordam dessa avaliação."

 

Alan: Parecem que alguns não estão envolvidos, não é? Seriam independentes?

 

            "O sistema wi-fi não parece oferecer qualquer risco à saúde," afirma o Professor Lawrie Challis, da Universidade de Nottingham. Prof. Challis, presidente do comitê de gerenciamento do programa de Investigação de Saúde e Telefonia Celular, o MTHR…"

 

Alan: Se ele desse uma outra opinião honesta sobre o assunto, perderia seu trabalho, considerando que ele é o presidente de toda uma indústria e, de fato, parte do programa de investigação. Ele estaria arriscando seu emprego se ele dissesse o oposto a isso, então ele diz o que tem que dizer.

 

Acrescenta:

 

            "As exposições ao sistema wi-fi são normalmente muito curtas e as transmissões são de baixa potência e a certa distância do corpo humano. Porém, as exposições podem estar próximas ao corpo quando um laptop está apoiado no colo que, do meu ponto de vista, da mesma maneira que orientamos para que crianças não utilizem telefones celulares, deveríamos também orientá-las a que usem seus laptops apoiados sobre uma mesa, e não no colo, isso no caso de eles estarem conectados por muito tempo."

 

Alan: Gostaria de fazer um comentário a respeito. Alguns países como Suécia também têm dinheiro investido nesta pesquisa, ao que descobriram o tremendo dano causado à saúde pela irradiação dos aparelhos microondas, mas não mencionam o sistema wi-fi, wi-fi. Wiffy, wiffyyyy.  Não é curioso, que eles chamem a isso "laptop," como se não o soubessem antes de começar, antes de levá-lo ao público? Esse troço se chama "laptop" para incentivar os mais jovens a apoiá-lo “sobre o colo”.  O quê está no seu colo, hein? 

 

O que, afinal, uma irradiação desse tipo provoca a longo prazo, e talvez a curto prazo, dependendo da potência?  Faz você ficar estéril. Hummm. Isso se adequaria a quê política?  E você acha que eles lançariam essa coisa no mercado sem antes testá-la ou sem conhecê-la?  Eles esperam que acreditemos que eles cometem alguns erros de vez em quando. Na verdade, eles se equivocam com bastante freqüência, até que, finalmente, admitem alguma coisa. É que apenas não sabiam... Isso é tolice, nonsense. Os que estão no topo sabem bastante bem o que estão fazendo, porque TODA TECNOLOGIA VEM DAS AGÊNCIAS DE INTELIGÊNCIA COMANDADAS PELO TOPO, as quais antes a tiveram por muito tempo até que tal tecnologia chegasse ao público. Na verdade, SÃO ELES QUEM DETERMINAM QUANDO O PÚBLICO, OS DA CAMADA MAIS BAIXA DO ESPECTRO, TERÁ ACESSO A ESSA NOVA TECNOLOGIA. Eles já sabem de tudo isso.

 

             "Como parte da sua investigação, Panorama visitou uma escola em Norwich com mais de 1.000 alunos, para comparar o nível de irradiação emitido em uma sala de aula por uma típica antena de telefonia celular e o de uma antena wi-fi. Os resultados obtidos pelo programa, emitido pela BBC One na segunda-feira, demonstraram que o acúmulo da concentração do sinal propagado pelo sistema wi-fi numa sala de aula é três vezes mais elevada que o feixe principal de intensidade de irradiação de uma antena de telefonia celular."

 

Alan: É três vezes maior em uma sala de aula do que o feixe principal da intensidade de irradiação de uma antena de telefonia celular.

 

            "Em 2002, Sir William recomendou ao governo que o feixe de maior intensidade de uma antena de telefonia celular não deveria incidir sobre nenhuma parte do solo escolar, a menos que a escola e os pais decidissem pelo contrário."

 

Alan: Claro, por favor, que nos enchem de radiação… Por favor, nos irradiem. Queria ver os pais fazendo isso, como se se preocupassem... Os pais, na verdade… O problema é que eles não estão verdadeiramente implicados. Eles esperam que o sistema cuide de seus filhos para e por eles. Este é o novo sistema socialista.  A idéia é manter as crianças fora da vista e controle de seus pais.

 

            "O Professor Malcolm Sperrin, especialista em medicina física, falou à BBC News…"

 

Alan: Outra vez mais, temos um especialista em medicina física. Não se esqueça: eles amam os especialistas, como Bertrand Russell, e outros tantos.

 

            "O Professor Malcolm Sperrin disse à BBC News que, o fato da radiação do sistema wi-fi em uma determinada escola ser três vezes maior do que a da antena de telefonia celular era irrelevante…"

 

Alan:  Você vê, irrelevante!

 

            "…a menos que exista alguma evidência de um vínculo com efeitos nocivos sobre a saúde. O wi-fi é uma técnica que utiliza ondas de rádio de intensidade muito baixa. Enquanto que, se compararmos à radiação emitida pelo microondas de uso doméstico,…"

 

Alan: Para que serve um microondas de uso doméstico, hein?  Por acaso ele serve para esfriar coisas? Não! Serve para cozinhar coisas.

 

Continua:

 

            Enquanto que, se compararmos com a radiação emitida pelo microondas de uso doméstico, a intensidade da radiação do sistema wi-fi é 100.000 vezes mais baixa do que a emitida pelo forno."

 

Alan: Sobre que tamanho de forno ele está falando?  Eu já vi alguns enormes possuidores de uma potência inacreditável. Mas, como você pode ver, essa é a maneira como eles se expressam.

 

            "E mais, os tecidos somente podem ser efetivamente aquecidos por um comprimento de onda que está próxima á absorção, e há orientação estrita para assegurar-se de que tais picos de absorção não sejam atingidos."

 

Alan: Eu também me lembro quando os microondas não puderam sair ao mercado por alguns anos. Os mesmos programas do Reino Unido estavam investigando o caso de duas secretarias que ficaram cegas devido ao microondas do escritório onde trabalhavam. Ambas, e ao menos uma delas, ficaram cegas ao estarem próximas do microondas.  Claro que, na época, os microondas, os mesmos que nos disseram que eram muito, muito seguros, foram vendidos ao público. Houve um grande tumulto sobre esse assunto sendo logo silenciado pela grande indústria naquele momento, e etc.

 

E mais, de volta naqueles dias, eles sabiam disso de antemão, por que finalmente implantaram nas pessoas a tecnologia de telefonia celular para rastreá-las, antes mesmo de elas saberem da existência dos telefones celulares. Estava tudo planejado, e eles não poderiam passar uma boa imagem do microondas. Era essencial para o rastreamento, e eles não iriam mudar de idéia sobre isso, não importa que evidência pudesse surgir, mesmo que fosse reconhecida pela notoriedade pública. Evidências contrárias, evidências encontradas ou evidências que simplesmente dizem que isso é nocivo para você e o prova, não, eles não fariam isso, por que precisam do “deve ser”, o deve ser do sistema.

  

            "O tipo de radiação emitida pelas faixas de freqüência (o wi-fi), luz visível, microondas e telefones celulares demonstraram subir a temperatura do tecido a níveis muito altos de exposição – conhecidos como interação termal – mas não há evidências de que baixos níveis sejam nocivos."

 

Alan:  Verdade? É como radiação. Todos os primeiros investigadores do campo de radiação e isótopos de raios-x, e muitos outros, até mesmo o marido de Madame Curry, quero dizer, ele foi realmente um inventor... Ela simplesmente o assumiu: ele morreu, assim como muitos deles, por contaminação causada por radiação; isso por que eles estavam lidando com níveis muito baixos comparados com os que eles lidam agora.  Naturalmente que isso veio parar no campo médico. Não há nível de segurança nos raios-x e na radiação. Simplesmente não há. Seus efeitos são, de certa forma, acumulativos. De esse modo, estamos tomando um caminho absurdo, onde sempre deve existir um “deve ser”, sem jamais te dar nenhuma evidência contrária e segura. 

 

            "A Agência de Proteção da Saúde declarou que sentar-se num hotspot wi-fi (ou ponto de acesso sem fio) durante um ano é o mesmo que receber uma dose de onda de radio correspondente a 20 minutos de chamadas a telefones celulares."

 

Alan: Isto é o que eles dizem. Deveríamos acreditar neles, suponho. Esta é a típica agência que eles têm por aqueles lados.  No Departamento de Controle de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos, a Food and Drug Administration, todos os seus empregados vão trabalhar em Agências de Alimentos e Medicamentos. Eles entram e saem da Agência de Proteção, vão e vêm. Um deles, de fato, saiu e entrou cinco vezes; foi uma mulher, que tem estado no Congresso e então de volta ao seu trabalho na agência da Food and Drug Administration.  Adivinha de que lado ela está?  Do mesmo que todas essas agências, a agência de proteção da saúde. Então, estão tentando nos dizer que é o mesmo que fazer 20 minutos de chamadas em telefone celular, o qual, de todos os modos, eu nunca fiz, por que eu não tenho um telefone celular e não terei um.

 

Aí, seguem com o palavrório:

 

            “‘Algumas pessoas suspeitam de uma interação não termal, mas não há evidencias que sugerem que isso exista, e é mesmo improvável que exista’, afirma Professor Sperrin.”

 

Alan: “Uma interação não termal...” não há evidências, humm... Fico imaginando se aquele primeiro relatório que eu li a respeito das novas partículas na atmosfera mudariam isso.  Assim, eles fariam um novo relatório sobre este assunto.

 

            "Procedimentos de Investigação."

 

Alan: É o mesmo artigo.

 

            "Ele acrescentou: ‘As faixas de freqüência (wi-fi) e outras de radiação não ionizante têm feito parte de nossas vidas por um século, ou mais. Se tais efeitos nocivos, ou outros adversos, estivessem ocorrendo, estes teriam sidos registrados e estudados.’”

 

Alan: Ele não diz que, na verdade, isso tem sido feito. O canal de televisão CBC de Toronto emite, e isso poderia ser parte das notícias nacionais, um programa com pequenos especiais diários tratando de temas nacionais chamado "The National". O programa a que me refiro é sobre um doutor de Toronto, que possuía um detector de microondas e se dedicava a sair por Toronto captando sinais de todas as torres de telefonia celular que estavam distribuídas pela cidade. As pequenas, de forma retangular, são todas torres de microondas fixadas no alto dos edifícios. Estão por todos os lados, o que se pode considerar como um novo fenômeno chamado “contaminação por telefonia celular", simplesmente.  As pessoas estão tendo incríveis reações a essas antenas, incluindo letargia profunda e oscilações de humor, assim como sintomas físicos. Aqueles que se mudaram da cidade tiveram seguimento em seus casos, ao que se recuperaram do mal estar que sentiam.  Este fenômeno de fato existe, sendo realmente constatado em estudos, e continuam se desenvolvendo. Então, este sujeito não está dizendo totalmente a verdade. Ele está dizendo uma lorota, uma mentirinha. Esta é uma palavra bem cortês, para não dizer outra coisa.

 

            "Continuam as investigações nesta área em importantes centros de pesquisa de muitos países, no entanto, evidências apontam que as radiações da tecnologia wi-fi estão muito abaixo de qualquer reação ou efeitos humanos."

 

Alan: Eu me lembro quando a talidomida foi recomendada (isso quando eu ainda era muito pequeno) para mulheres no período da gravidez. Eles provaram essa droga, inicialmente, em pessoas que apresentavam problemas devido à sua idade avançada. Então, a talidomida (a droga), fabricada pelas empresas farmacêuticas para tonificar a bexiga evitando a urina noturna, e outros casos, era utilizada para que os idosos não tivessem necessidade de ir tão frequentemente ao banheiro durante a noite. O resultado é que não funcionou tão bem devido a seus efeitos colaterais. Experimentaram com o próximo alvo clamando que fariam coisas incríveis com mulheres durante a fase da gravidez, e de fato o fez, quando elas deram à luz a um bebe com braços e pernas encurtados, e todo o demais.  Aí vieram com o “opa, nós não sabíamos…”.  Faz alguns anos que eles voltaram a introduzir essa droga no mercado, utilizando um novo jogo do contra, dizendo: “Ajudará as mulheres a evitar câncer de mama”.

Como você pode perceber, não se pode manter esses sujeitos com um bom contra. Eles são capazes de voltar a utilizá-lo sob diferentes nomes e pretextos. E aí estão de volta. O mesmo ocorre neste caso.

 

            "Continuam as investigações nesta área em importantes centros de pesquisa de muitos países, no entanto, evidências apontam que as radiações da tecnologia wi-fi estão muito abaixo de qualquer possibilidade de reação ou efeitos humanos."

 

Alan: “Qualquer possibilidade,” isto é muito tranqüilizador...

 

            "O Professor Malcolm Sperrin afirmou ‘é impossível provar que algo não produza efeitos’."

 

Alan: “É impossível provar...,” entendo.

 

            "A Panorama conversou com o Professor Olle Johansson do Instituto Karolinska da Suécia, que disse ter havido muitos efeitos registrados, tal como defeitos detectados em cromossomos devido a um baixo nível de radiação."

 

Alan:  Isso é verdade. No entanto, só é verdade quando você se interessa por saber, se você não tem interesse, então, não é verdade.

 

            "O Professor Henry Lai, da Universidade do Estado de Washington, também foi citado na Panorama, onde afirmou que encontrou efeitos adversos à saúde a níveis similares ao da radiação do sistema wi-fi. Estimou que, entre os dois ou três mil estudos levados a cabo nos últimos 30 anos, houve um empate com a metade encontrando algum efeito colateral e a outra sem encontrar nenhum".

 

Alan: A metade está sendo paga pelos sujeitos que bancam toda essa parafernália e a outra não; é assim que surgem as descobertas.

 

            "No entanto, Professor Will J Stewart, membro da Academia Real de Engenharia (a Royal Academy of Engineering) pontuou: ‘A ciência tem estudado a segurança de telefones celulares por muitos anos e um considerável conjunto de evidências demonstram poucos motivos para preocupação’".

 

Alan: Aqui vemos outra personagem “independente”: o membro da Royal Academy of Engineering, a grande sociedade que faz muitos dólares com todas essas agências, e obtém subvenções, e o que vier, das empresas que fabricam telefones celulares e antenas. No entanto, sempre há um "pode ser”, como gosto de recordar.

 

            "Da mesma maneira que o sistema wi-fi, esses equipamentos funcionam numa freqüência sutilmente diferente em telefones celulares…"

 

Alan:  “Sutilmente diferente.” Percebe? Sutilmente não é muita coisa...

 

            "…eles também operam em um nível mais baixo de potência a uma faixa muito mais curta."

 

Alan: Quanta radiação você quer?

 

            'Sem problemas': "Isso, somado ao fato de que a altura do tamanho da banda dos dispositivos wi-fi são menos prováveis de funcionar em dispositivos head-mounted, logo, realmente não há problemas aqui."

 

Alan: É de certo modo parecido: se você não toca na radiação, então estará bem.

 

            "Isto não quer dizer que toda radiação eletromagnética seja necessariamente inofensiva – os raios solares, por exemplo, possuem um significante risco de câncer; assim, se você está usando o seu na praia…"

 

Alan: Ha, ha, ha! Oh! Perdoe-me. Por que você levaria um laptop para a praia? Você pode imaginar a areia entrando no equipamento e todo o resto, até deixá-lo bem arranhado. Isto é certamente um vício! O que você estaria vendo na praia, hein? Por que você estaria grudado numa tela de computador? 

 

"Portanto, se você estiver usando o seu laptop na praia certifique-se de ficar na sombra".

 

Alan: Sim, coloque o teu laptop embaixo da cabeça como se fosse um livro.

 

            "O Professor Sperrin afirmou que uma das dificuldades com relação à pesquisa do wi-fi …"

 

Alan: Isso só podia vir do Reino Unido...

 

            "O Professor Sperrin afirmou que uma das dificuldades com relação à pesquisa do wi-fi é a impossibilidade de se provar uma rejeição. ‘É impossível provar que algo não tenha conseqüências,’ destacou. Disse que não há justificativas para desqualificar o sistema wi-fi até que ele seja provado como inseguro. Os benefícios educacionais na utilização de laptops e no acesso à informação são de longe mais importantes que qualquer temor infundado sobre a segurança do wi-fi. Estou mais preocupado sobre o aquecimento que os laptops generam e o impacto disso em algumas partes do corpo humano."

 

Alan: O aquecimento poderia afetar algumas partes sensíveis do corpo humano. Um pouco mais da mesma coisa. Pura dialética: sim, não, sim, não, sim, não, até que você já não entenda mais nada. A maioria das pessoas desiste e começa a aceitar como se estivesse tudo bem, afinal, eles não fariam nada que não estivesse, certo? Agora, pensamos: é assim que nossa lógica funciona e como temos sido treinados; treinados para não pensar por nós mesmos.  Se um montão de gente está fazendo isso, é por que deve ser bom, e por que todos os teus visinhos estão fazendo o mesmo e usando aquilo, ou o que quer que seja, deve ser por que é realmente bom...  

 

NUNCA SUBESTIME A VASTA ESTUPIDEZ DE UM GRANDE GRUPO DE PESSOAS.

  

Agora, para acabar. Antes, falei sobre contra-inteligência e como os heróis são criados para o grande público utilizando a inteligência, os fatos que estão acontecendo ao nosso redor, os temas que se transformam em assunto de muitas discussões produzindo fatos e várias teorias, as quais são bastante plausíveis e provavelmente corretas, e que circula entre as pessoas.

 

A contra-inteligência capta todos esses temas, vincula isso a algo ridículo, desvinculando totalmente a idéia original do seu contexto, o que faz com que se desacredite sobre a veracidade dos fatos.  Quando você tenta explicar os fatos às pessoas, uma vez mais, acreditando no que diz, elas riem na tua cara, pensando que você é um desses caras estranhos que vêem coisas que a maioria não vê.  É uma boa manobra, mas já tem sido tão usada...

Para terminar, vou citar uma carta de Gary, da Inglaterra. Ele me mandou o seguinte e-mail:

 

            "Minha família e eu acabamos de retornar de um fim de semana em Blackpool…"

 

Alan: Blackpool é uma cidade costeira muito freqüentada, onde a classe trabalhadora costumava ir passar os fins de semana com a família. Há apresentações e atividades para as crianças; o que foi algo bem interessante no passado, continua sendo pela sua importância.

 

Escreve:

 

            "Na primeira noite de estadia, descobri um grande cartaz que dizia: "Conspirações Expostas." Estava divulgando uma exposição sobre o 9 de setembro e de como nos mentiram sobre nossa história, e etc. Dei uma olhada ao redor e encontrei algumas interessantes informações, mas que pareciam ser fortemente influenciadas pelo (não vou dizer a palavra, pois seria de muito mau gosto), trabalho dessa pessoa. À minha namorada e a mim nos custou quatro paus cada (ou quatro libras esterlinas) e outros dois paus para os guris (as crianças). O cara (o camarada, o sujeito), que nos mostrou o lugar parecia muito astuto, porém, depois de 5 minutos, entrou naquela coisa réptil. Aquele tipo de coisa serve simplesmente para desconectar a maioria das pessoas que, por sua vez, talvez fossem capazes de ir até o fundo do poço, o que é esperado, não é? Eu achei que tinha que te contar isso."

 

Alan: Pois, você está totalmente certo. Eles amarram os fatos com um incrível grau de ficção, retirando-os de seu contexto para expô-los de forma ridícula de modo que tudo acaba numa zona nebulosa. Esta é a contra-inteligência, em que a palavra “conspiração”, como se pode observar, é utilizada pelos que estão lá no topo para qualificar a atitude das pessoas que comentam os fatos para, então, rotulá-las como teóricos da conspiração. Esses sujeitos colocam essa terminologia sobre aqueles que a admitem. De fato, muitas pessoas que andam por aí expondo seus pensamentos e atitudes têm prazerosamente aceitado tal termo, são os "teóricos da conspiração".  Este é o novo grande passatempo dos esquisitos.

 

Assim, não deixe de acreditar nas suas idéias. Mas, apegue-se aos fatos. Não se desacredite durante o processo. Apenas mantenha-se fiel aos fatos e você alcançará as pessoas (se você realmente se mantiver atento aos fatos). Isto é muito efetivo e verdadeiro, e acontece por todas as partes. Além disso, esse tipo de demonstração deve ser muito bem fundamentado.

 

Isto é tudo para este fim de semana, o qual para mim será muito agitado, como sempre. Para meu cachorro, Hamish, e para mim será uma boa noite. Que seu Deus ou Deuses estejam com vocês.

  

Orwellian Clip:

 

            "Há sempre uma esperança.

            Mas, somente, por que esta é a única coisa que ninguém descobriu, ainda, como eliminá-la."

 

"O Grande Romance Americano"

De Larry Norman

 

Nasci e cresci órfão
Em uma terra que um dia foi livre
Em uma terra que derramou seu amor na lua
Para então crescer nas sombras

Dos seus silos cobertos de grãos


Mas você nunca me ajudou a encher meu prato vazio

E quando eu fiz dez anos você matou meus direitos
Com suas políticas de tribunal
E você aprendeu a fazer mentiras soarem como verdades
Mas eu conheço você melhor agora
E já não caio nos teus truques
Pois você perdeu a vantagem sobre minha juventude

Você matou um homem negro à meia-noite
Apenas por falar com a tua filha
E então você toma a mulher dele como amante
E a deixa sem forças
O lençol que esconde a tua cara
É o mesmo com o qual teus filhos se cobrem
E a cada refeição você reza
Você não acredita mas ainda assim o faz

E em teu dinheiro se lê: Acreditamos em Deus
Ainda que seja contra a lei que se reza na escola
Você diz: superamos os russos na lua
E eu digo que para isso você matou os teus filhos de fome

Você está bem longe, do outro lado do oceano
Numa guerra que não é a tua
E enquanto vence a deles
Perderá a tua em tua própria casa
Você realmente pensa que a única maneira
De trazer a paz de volta
É sacrificar os teu filhos
E matar todos os teus inimigos

Todos os políticos fazem discursos
Enquanto os da notícia tomam suas notas
E exageram nas suas publicações
Fazendo-nos engolir tudo o que dizem
Isto realmente cabe a eles,
Se este país flutua ou afunda?
Me pergunto, quem nos iria governar
Se nenhum de nós votasse?

Meu telefone está grampeado e minha boca está rachada
De sussurrar através das grades
Você conhece cada filme que vejo
Ou é apenas coincidência?
Você tentará moldar a minha vida
Um pouco menos que como em uma jaula
Se eu prometer fazer vídeos e slides
E mandá-los por e-mail.

E em teu dinheiro se lê: Acreditamos em Deus
Ainda que seja contra a lei que se reza na escola
Você diz: superamos os russos na lua
E eu digo que para isso vocês mataram seus filhos de fome
Você diz que somos todos irmãos
Então, porquê os ricos são mais iguais que os outros?
Não me peça respostas, eu só tenho uma
Que um homem deixa a escuridão quando ele segue o Filho

 

(Traduzido por Marley Brasil Legaz)